terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Sunstone

Então, nosso amigo resolveu tomar o Ferry Boat até o Norte da Inglaterra, cidade de Hull. Achou a viagem excelente, principalmente pelas qualidades da embarcação. Tipo um minicruzeiro. Só não aproveitou mais porque pegou um forte nevoeiro no caminho e ficou preocupado. Não tem com que se preocupar, pois as embarcações atuais são orientadas por satélites, além do que possuem sonares e radar para evitar colisões. De qualquer modo é sempre bom ter uma Pedra do Sol consigo para um momento desses =P

A Pedra do Sol era utilizada pelos Vikings, considerados os melhores navegadores que já existiram, para guiarem-se mesmo sob forte neblina ou céu encoberto. Esse cristal, embora chamado de "pedra", possui propriedades que conseguem detectar a posição do Sol mesmo com o tempo ruim, coberto por nuvens e com névoa. Uma vez que você soubesse aproximadamente que horas seriam, você saberia a direção que estava navegando pela posição do Sol.
Claro, ele não evita choques com outras embarcações ou pedras, mas evita que você vá parar na costa da Noruega em vez da Inglaterra. Por isso nunca saia de casa sem sua Pedra do Sol. Nunca se sabe quando vai estar perdido no mar em meio a um nevoeiro.



So, our friend chose to take the ferry boat till the North of England, city of Hull. He found the trip excellent, even more because the boat quality and services. Something like a Mini Cruise. He just couldn't enjoy even more because a strong fog on is way, worrying him. There's nothing to worry about, because the ships nowadays have satellite orientation, also having sonar and radar to avoid collisions. Anyway it's always important bring with you a SunStone to those moments =P
Sunstone was used by the Vikings, considered to have an amazing navigation skill, to sailing even under strong fog or a sky covered by clouds. This crystal, besides called as a "stone", has properties that can detect the Sun position even on bad weather, covered by clouds or on fog. Once you knew what time would be, nearly, you would also know the direction that you were following by the Sun position.
Sure, the SunStone can't avoid collisions against another ships or stones, but avoids you to go to the Norway coast instead the England. That's why you should never go out without your SunStone. You never know when you might be lost at the sea on a middle of a fog =P

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Orgulho de Hull

Essa vai para os mochileiros de plantão. Um amigo meu está fazendo uma viagem pela Europa, mochileiro style, e me ligou hoje com uma dúvida sobre a melhor maneira de chegar ao norte da Inglaterra. Perguntei onde ele estava, quando me respondeu que estava em Amsterdã (bom lugar se você quiser encontrar diversão pervertida).

Primeira coisa a se querer saber: qual o seu destino? Se você estiver pretendendo ir para o Norte da Inglaterra, Escócia ou Irlanda, a melhor coisa que pode fazer é ir para Rotterdam e pegar um Ferry Boat para o Norte da Inglaterra, mais especificamente Hull. Claro, isso se você realmente quiser evitar Londres e cortar um bom caminho até a costa norte da Inglaterra.
Sairá mais barato que ir de avião, e às vezes até mais do que de trem. A viagem não é muito longa. Leva certa de uma noite. Tipo você sai às 21 da noite de um dia e chega mais ou menos as 08 da manhã seguinte. E por cerca de £70 você fará uma viagem bastante agradável, em um barco razoavelmente luxuoso, com todas as taxas e serviços pagos.
Em minha opinião é um dinheiro bem gasto, mesmo para um mochileiro. Até mesmo nós, mochileiros, temos vontade de usufruir um pouco de luxúria.


TA1328 : Hull To Rotterdam Ferry by martin dawes
Hull To Rotterdam Ferry
  © Copyright martin dawes and licensed for reuse under this Creative Commons Licence.


This goes to the duty backpackers. A friend of mine is doing a travel by the Europe, backpacker style, called me today with a question about the better way to goes to the North of England. I asked him where he were and he told me that was at Amsterdam (nice place if you're looking for some perverted diversion).
First thing to know: Where do you want to go? If you're looking for the North of England, Scotland or Ireland, the better thing to do is going to Rotterdam to take a ferry boat to the North of England, specifically Hull. Sure, this if you're really looking for avoid London and take a very short way to the north coast of England.
It'll be cheaper than to take a fly, and even sometimes cheaper than a train. The trip is not so long. It takes about one night. Something like go out at 21 o'clock from one day, arriving at 8 o'clock of the next morning. And for something about £70 you'll have a pleasant travel, into a reasonable luxury boat, with all taxes and services paid.
In my opinion it's well spent money, even for backpackers. We, backpackers, also desire to prove some luxury stuff sometimes =P

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Cartoons de Qualidade, faz favor


Difícil conseguir encontrar hoje desenhos com bom conteúdo educativo. Quando não estão preocupados em mostrar batalhas entre supervilões e superheróis, com superpoderes e coisas alieníginas, são desenhos esculhambados demais, estilo nonsense como As Aventuras de FlapJack, As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy, Bob Esponja, etc. Isso extende-se também para programas infantis, como Barney o Dinossauro e Teletubies, ambos para crianças retardadas.
Lembro de assistir muitos bons programas, todos na TV Cultura, e eu nem era criança. O Mundo de Beackman, Castelo Rá-Tim-Bum (gostava da música do ratinho no banho e o quadro do Marcelo Tas, Telekid - Porque sim, não é resposta). Esses programas ainda passam na Cultura, e juntamente com outros programas do Disney Channel e Discovery Kids (tirando o Barney Medonho) ainda é possível oferecer
uma programação infantil saudável para as crianças. Infelizmente são canais pagos e a maioria das crianças tem que se submeterem a programação da TV aberta mesmo.
Então, parece que o Cartoon Network vai criar um quadro com o Marcelo Tas respondendo perguntas dos próprios cartoons, o que imagino ser algo bem parecido com o TeleKid do Rá-Tim-Bum. Algo educativo e divertido para as crianças e adultos, por que não? E sem responder "Porque sim", pois "Porque sim não é resposta!".



It's hard to find nowadays cartoons with a good educational content. While they aren't concerned to show huge battles between superheroes and supervilains, with superpowers and aliens stuff, they are too sloppy, nonsense style like The Marvelous Misadventures of Flapjack, The Grimm Adventures of Billy and Mandy, Bob Sponge Squared Pants, etc. This is also extended to children shows, like Barney The Dinosaur or Teletubies, both to retarded children =P
I remember to watch very good tv shows, all at TV Cultura (Culture TV), and I was even a kid any more. Beackman's World, Castelo Rá-Tim-Bum (I liked particularly the little mouse song to take its shower and the part with Marcelo Tas, The Telekid - Because yes isn't an answer. Those shows can still be watched at Cultura, and together with another tv shows from Disney Channel and Discovery Kids (apart Barney the Frightening Dinosaur) is still possible to offer a health children television to our kids. Unfortunately those are all paid television and most of the children are submitted to the free tv channels, indeed.
So, it looks like that the Cartoon Network will create a Tv Block Show where the same Marcelo Tas will answer questions from the own cartoons, what is something very similar to the TeleKid block, at Rá-Tim-Bum, I imagined. Something educational and funny to children and also adults, why not? And without the answer "Because yes", 'cause "Because yes isn't the answer!"

sábado, 19 de dezembro de 2009

Cantadas...


Old love, leave me alone, upload feito originalmente por no.name.no.face.

Cantar uma garota não consiste no fato de simplesmente chegar junto de alguma delas e soltar uma frase pronta que você achou legal, mas que no conceito dela passa longe disso. Cantar uma garota envolve soltar a frase que se enquadre no contexto lugar, ambiente e momento.
Observe o ambiente, principalmente quem ou o que está observando você. Sorria. O estilo "Sad Joe" só funciona em ambientes familiares a você e que a maioria das pessoas lhe conheça. Em ambientes desconhecidos, apenas sorria. Se alguma garota estiver lhe olhando e sorrindo, vá em frente. 80% do trabalho já está feito e mesmo que você diga "Borboleta voa" ela ficará com você.
Você tem que ser criativo para saber aproveitar o contexto do ambiente. Estude seu alvo. Bebidas, gestos, música, qualquer coisa que abra a janela para você entrar. Não tente abordagens diretas do tipo "Por que está sozinha?" ou "Estava te observando e... bla bla bla.". Normalmente isso não funciona. Tente aproveitar elementos no ambiente para fazer comentários. E se a conversa começar a ficar monosilábica, é sua hora de sair fora.
Devo dizer que nunca fui bom em cantadas. Ao menos não na época que deveria ter sido. Tive bons momentos. Boas janelas aproveitadas. Mas não era sempre. Nem perto disso. Acho que ainda não sou bom nisso, mas com certeza não acho que se eu gritar "Gostosa!" para alguma garota na rua, ela irá querer sair comigo!

========================================

Flirting a girl doesn't consist on the act of just get closer some girl to say that made phrase that you thought very cool, but probably is far from her concept of cool. Flirting a girl involves to give the right saying which fix in all context, as place, environment and moment.
Watch the environment, and mainly who is watching you. Smile. The "Sad Joe" style will just work on a well-known environment, where most of the people there know you. On an unknown environment just smile. If some girl is looking to you and also smiling, go ahead. 80% of your work is already done and even if you tell her "Butterfly flies" she will stay with you.
You also have to be creative to use the environment context. Study your target. Drinks, music, gestures, any thing that opens the window to you get in. Never try direct approaches like "Why are you so alone?" or "I was watching you and... bla bla bla.". Normally it never works. Try to take advantage of the environment to make nice comments. And if the conversation is going to a monosyllabic talk, is your time to go away dude.
I must tell you that was never good in flirting. At least not at the time when I was supposed to be. I had good moments. Good windows which I came in. But wasn't always. Neither closer =P I guess I still not good on this, but sure I'm not the kind that thinks that if I scream "HOT!!!" to some chick on the street, she will go out with me!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Reflexos


examination, upload feito originalmente por taraviolet..

Ok... chega de poemas de Camões. Um meu... Reflexos

Olho para o espelho,
mas não reconheço o que vejo
ou quem eu vejo.
O olhar é vazio.
O rosto não tem emoção.
Expressão de nada.

Do outro lado
Tudo parece diferente.
Tudo é tão triste.
Estados inalterados.

Do outro lado
Alguém parece precisar
De ajuda para sair.
Estendo a mão.
Tento alcançar aquela pessoa.

Ela também tenta me alcançar.
Mudar seu estado.
Sair para um lugar melhor.
Mas existe um lado melhor?
Só não sei qual o lado
Que me encontro desse espelho.

**************************************

Ok... Enough of Camões poems. One of me... Reflexes

I look at the mirror,
But can't recognize what I see
Or who I see.
The look is empty.
The face has no emotions.
Expression of nothing.

On the other side
Everything looks different.
Everything is sad.
Unaltered states.

On the other side
Someone looks to
Need help to get out.
I give my hand.
Trying to reach that person.

He also tries to get me.
Chance his state.
Get out to a better place.
But is there a better place?
I just don't know in which side
I'm from this mirror.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Dinamene...

Mais um de Camões...

Ah! minha Dinamene! Assim deixaste

Quem não deixara nunca de querer-te!
Ah! Ninfa minha, já não posso ver-te,
Tão asinha esta vida desprezaste!

Como já pera sempre te apartaste
De quem tão longe estava de perder-te?
Puderam estas ondas defender-te
Que não visses quem tanto magoaste?

Nem falar-te somente a dura Morte
Me deixou, que tão cedo o negro manto
Em teus olhos deitado consentiste!

Oh mar! oh céu! oh minha escura sorte!
Que pena sentirei que valha tanto,
Que inda tenha por pouco viver triste?

Dinamene foi uma jovem chinesa por quem Camões apaixonou-se a bordo de uma Nau que fazia a viagem, nesta ocasião, de China para Goa. Porém devido a uma tempestade a embarcação naufragou levando a jovem Dinamene junto.

Ouvindo Kate Bush (Breathing)




Dinamene was a young Chinese girl from whose Camões felt in love when was traveling on a ship from China to Goa. But a storm shipwrecked the ship, taking the girl Dinamene together with. So, as the other Camões poem, it was hard to transcribe. I couldn't keep the sonnet rhyme and construction as the original, or I would almost make a different poem.

Ah! My Dinamede! So you left
Whose that never would let to desire you!
Ah! My Nymph, I can't see you anymore,
So fast this life you despised!

As forever you had gone
From whom you were so far to be lost?
Could those waves defend you
That didn't you see who you so much hurt?

Neither tells you just the hard death
Left me, that so soon the dark mantle
In your lying eyes you let it!

Oh sea! Oh skies! Oh my dark lucky!
Which pity I will feel to so worth be,
That for few I still have to live sad?

Hearing Kate Bush (Breathing)

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Endechas a Bárbara Escrava

Sem muitas idéias, então vou deixar aqui hoje apenas um poema de Camões, particularmente um dos que mais gosto dele. Contam registros que Camões escreveu esse poema a uma escrava por quem apaixonou-se.

Endechas a Bárbara Escrava (Camões)

Aquela cativa
Que me tem cativo,
Porque nela vivo
Já não quer que viva.
Eu nunca vi rosa
Em suaves molhos,
Que pera meus olhos
Fosse mais fermosa.

Nem no campo flores,
Nem no céu estrelas
Me parecem belas
Como os meus amores.
Rosto singular,
Olhos sossegados,
Pretos e cansados,
Mas não de matar.

Uma graça viva,
Que neles lhe mora,
Pera ser senhora
De quem é cativa.
Pretos os cabelos,
Onde o povo vão
Perde opinião
Que os louros são belos.

Pretidão de amor,
Tão doce figura,
Que a neve lhe jura
Que trocara a cor.
Leda mansidão,
Que o sino acompanha;
Bem parece estranha,
Mas bárbara não.

Presença serena
Que a tormenta amansa;
Nela, enfim, descansa
Toda a minha pena.
Esta é a cativa
Que me tem cativo;
E pois nela vivo,
É força que viva.



Ok, I'm with no ideas about to write, so I'll live you here with a poem from Camões. Particulary one of my favorities poems from him. Some records tells that he wrote this poem while was in love for a black slave. Maybe I had transcribed some parts in a wrong way. The original was wrote on a ancient portuguese and it's hard to translate for english. Anyway I tryed...

Sad song for Bárbara the Slave

That captive
Who has me as captive,
Because in her I live
Instead doesn't want me alive.
I never saw rose
In softly sprigs,
That for my eyes
Would be more beautiful.

Neither in fields the flowers,
Neither on the skies the stars
Are beautiful for me
As those from my beloveds.
Singular face,
Easy eyes,
Black and tired,
But not to kill.

An alive grace,
Where there they live,
To be the Lady
For those who captives she.
Black the hair,
Where the people go
Losing opinion
That the blonde are beautiful.

Blackness of love,
So sweet image
That the snow swears her
A color exchange.
Pure meekness,
Which the bell follows;
Seems so strange,
But not barbarian.

Serene presence
That makes the torment easy;
There, at least, remains
All my pity.
That's the captive
Who has me as captive;
And in her I live,
Is strength that lives.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Baderna no Couto Pereira


É triste ter seu clube punido por conta de alguns marginais, sem respeito, que promoveram a briga e confusão no último Domingo lá no Couto Pereira. Mais triste ainda é isso acontecer no ano do seu centenário. Como se não bastasse lembrar do ano como o da queda para segunda divisão, vem também a lembrança do ano em que torcedores (desculpem, marginais) promoveram uma cena lamentável de quebra-quebra e destruição da imagem do time.
Deve ser a maldição do centenário, pois lembro que no ano do centenário do meu time, ele quase caiu para terceira divisão. De qualquer modo nada justifica atos tão irresponsáveis e bestiais. Torcedor que ama seu time, chora, grita, sofre, mas em momento algum comete algum ato que irá prejudicar o clube ou seus próprios companheiros.
Dois desses marginais já foram presos. Outros ainda estão sendo identificados com a ajuda inclusive dos próprios torcedores. Verdadeiros torcedores que apesar de sofrerem com a queda de seu time, não apoiam tais atitudes.
Concordamos que houve um despreparo da parte do corpo policial no estádio, mas cabe muito mais aos chefes das torcidas organizadas identificar e remover esses marginais de dentro do grupo, pois ha muito que Torcidas Organizadas deixou de ser sinônimo de festa nos estádios para serem gangue de imundos delinquentes.



It's sad to find your club team punished because of a sort of bandits, with no respect, that promoted the battle field and confusion last Sunday at Couto Pereira stadium. Even more sad is to see this happening at the year of the centenary of the team. Not enough to be remembered as the year that the team fell down to the second division, they also promoted the memory of the year when the fans (sorry, not fans but delinquents) were responsible for the fight and destruction image.
Maybe is the curse of the centenary, because I remember the centenary year of my team, when it almost gone to the third division. Anyway nothing justify irresponsible and bestial acts. The real fan, who loves his team, cry, scream, suffer, but in any moment he will promote some act that will be prejudicial to his team or his fellowships.
Two of those delinquents were already arrested. The others are still being identified with the help of the own fans. Real fans which instead of the suffering of the fall of the team, doesn't support such acts.
We agree that was a sort of fail on the security schema inside the stadium, but is more responsibility of the chief of the organized fans groups to identify and remove those delinquents from inside, because has been already a time that organized fans groups are synonyms of gangs with filthy delinquents, not a group to promote the party inside the stadiums.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Caminhando sobre o gelo fino...

Manter um caso é como caminhar sobre o gelo fino. Você não sabe se teu próximo passo vai ser em um local seguro. Uma fina superfície que pode romper-se a qualquer momento sob seus pés. Não há como medir os riscos do próximo passo. Você apenas sabe que eles existem e que é difícil conseguir atravessar essa superfície sem danos e sem o medo de afundar.
Quando essa superfície se rompe não temos onde nos segurar. As bordas são escorregadias. Elas quebrarem-se nos restando apenas afundar num lugar frio. Cercados pela dormência de algo que deu errado. Do passo que foi dado com descuido em uma parte que era bem mais frágil daquele gelo.

E apenas para deixar registrado, não, eu não estou mantendo um caso, nem muito menos tive algum =P




To stay on an affair is just like walk above thin ice. You don't know if your next step will be into a safe place. A thin surface that can break in any moment under your feet. That's no how to measure the risk of this next step. You just know that the risks exist and that will be hard cross this surface with no damages or fear to sink.
When this surface breaks we have no place to hold. The edges are slipperier. They can crash leaving us just to sink into this cold place. Surrounded by the numb of something that gone wrong. Of the gave inattention step into some part that was so fragile on that ice.

And just as a record notice, no, I don't staying on an affair, neither less I had some =P

sábado, 5 de dezembro de 2009

Época de Pinhões e Nozes

Começa Dezembro e com ele a época de armar Árvores de Natal, Presépios, colocar enfeites natalinos e coisa tal. Sei que aqueles enfeites natalinos e árvores de natal passam longe de ser algo condizente com a cultura de nosso país, principalmente Nordeste. Não temos clima frio, nem pinheiros, muito menos pinhões e nozes, mas essas coisas fazem parte da minha infância, logo, da minha formação cultural.

De qualquer modo seria estranho ter em casa um Mandacarú de Natal, enfeitado com chapéis de couro de bode, peixeiras e cossacos! Comer semente de jerimum e bunda de tanajura em vez de nozes e damascos. Além de que em vez de Papai Noel provavelmente teríamos o Antônio Conselheiro, com sua grande barba, trazendo um saco de estopa em suas costas cheio de bonecos mamulengos (eu sei, bizarro). Apesar disso me agrada a idéia de um presépio de barro ao estilo Mestre Salustiano.

Faz cinco anos que não armamos uma árvore de natal em casa... Sinto falta.




December began and with the season to make our Christmas Trees, cribs, x-mas ornaments and so. I do know that those x-mas ornaments and trees are far from be according to our culture, mainly at Nordeste region. We don't have a cold weather, neither pines and even less pines nuts and walnuts, but those things are a part of my children hood, so, my cultural formation.
Anyway would be very strange you have inside your home a "Mandacarú" X-mas tree (cereus jaramacaru), with goat leather hats, "peixeira" (it's like a chef knife) and "cossacos" (kind of bag to keep the hunt) as ornaments! To eat "Jerimum" (Pumpkin) seeds and tanajura ants instead of walnuts and damask. Besides that, instead of Santa Claus we probably would have Antonio Conselheiro, with his great beard, bringing with him a big cloth bag full of ventriloquist dolls (I know, it's bizarre). Even that I find nice the idea of a clay crib, Salustiano style.

Has been five years that we don't do a Christmas Tree... I miss that

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Mágoas...

Mágoas que florescem em um campo de desolação. Flores sem cheiro, sem néctar, sem pólem... Flores amargas. Flores que nunca murcham dentro de mim. Plantadas ha tanto tempo. Tão difíceis de arrancar. Mágoas que são cuidadas e cultivadas todos os dias, formando um belo e triste jardim.
Mágoas de sangue brotaram as vermelhas. Das amarelas brotaram as mágoas do que se foi. A azuis surgiram das mágoas de profundas tristezas. Mágoas de amor brotaram as rosas. E por fim as brancas, de mágoas que nunca me trarão a paz. Um dia colherei essas flores e farei um lindo buquê para lhe dar.




Bruises that bloom on a desolation field. Flowers with no smell, no nectar, no pollen... bitter flowers. Flowers that will never fade inside me. Planted so long ago. So hard to took off. Bruises that are caressed and cultivated every day, making a beautiful and sad garden.
Bruises of blood blooming the reds. From the yellows blooming the bruises of what had gone. The blue giving the deep sad bruises. Bruises of love blooming the roses. And at least the whites, from the bruises that will never leave me in peace. One day I'll collect those flowers to give you a beautiful bouquet of them.
Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo