domingo, 29 de março de 2009

Adotado por pais Homo


Hoje vou polemizar... Vou ser xingado, crucificado, excomungado, etc., mas porra, que merda é essa? Eu sou um bêbe! Não posso escolher a família que vai me criar, mas caracóis, ser criado por um casal de bibas também é phod's! Ontem cheguei no meu quarto e tinha uma decoração do Robin! Robin do filme do Batman de Shummacher!!! Porra!!! Robin!!!??? Eu gosto do Cavaleiro das Trevas, do Wolverine, do Spawn!!! Super-herói de macho porra! Não aquela bichinha que fica saltitando e falando "macacos me mordam batman!". O cão que o morda. Meu quarto é cheio de ursinhos, bichinhos, bibelôs coloridinhos..., To com medo já de quando ficar mais velho, em vez de ter um pôster do Iron na minha parede, colocarem um pôster do Rick Martin! Colocam-me pra brincar com massinha colorida, livrinhos de pintar e recortar, adesivos! Porra! Gosto de brincar de bola, tijolo, carro, mondromo feio... E peitos então?!?!?!! Minha maior frustração! Não, mas ninguém pensou nisso na hora de me adotarem! A únima mamada que conheço é no bico de uma mamadeira mesmo. Meu outro medo é querer mamar outra coisa quando ficar mais velho :/
Quero um pai que me leve pra um estádio de futebol e não pra uma partida de tênis. Que me leve pra beber e raparigar. Que quando eu tiver 15 anos me leve pra um puteiro. Hoje nem sei dizer quem é meu "pai" e quem é minha "mãe". E provavelmente vai ser uma dúvida que levarei pro túmulo. Portanto prezados pretendentes homo a adotarem um infeliz bêbe hetero: nós também temos vontades, desejos e gostamos de coisas que não são nem irão ser necessariamente o que vocês gostam! Tenham a consciência de não nos imporem um vida de bibolagem quando nem temos como defender-nos ou protestar!

quinta-feira, 26 de março de 2009

Para os fumantes...


quarta-feira, 25 de março de 2009

Descobrido a Sexualidade do seu amigo...


Se vc fica na dúvida se algum amigo seu é gay, ou se vc mesmo é um queima-rosca enrustido num armário duplex, observe as seguintes dicas oriundas do manual de sobrevivência do jagunço do sertão de pernambuco!

1o - Seu amigo usa roupichas daquelas grifes andróginas tipo Yes Brasil, Richards, Coca-Cola, etc? então cuidado, ele não é muito confiável, homem que é homem torra grana é em motel e cachaça, não necessáriamente nessa ordem.

2o - seu amigo vive se olhando no espelho, pra ver se o peitoral tá bonito, se tem alguma ruga no cantinho dos olhos, se o bumbum tá durinho, cuidado, quem olha muito pra homem, mesmo no espelho, acaba atracado com um, e não é jiu-jitsu. Mulher não gosta de cara sarado, gosta de cara que lhe dê presente e atenção (sexo).

3o - Seu amigo vive enfurnado em coffee shop, ou outro pico pseudo-intelectual cheio de móveis de madeira de lei, se ele só pensa em mocaccino, capuccino, viadoccino? cuidado, homem que é homem toma é média com pão na chapa na padaria!

4o - Seu amigo vive em raves cheias de purpurinados, usa gel e brilho nos lábios quando vai rebolar a buzanfa ao som daquelas pseudo-músicas feitas por DJs mais viados que o Clodovil (homenagem póstuma). Olho vivo! Homem que é homem entra é em roda de porrada em show de metal, vai num show de reggae e fica no balanço agarrado com uma deliciosa fumando um baseado, vai num forró só pra dançar agarrado ou pra qualquer merda onde não tenha um bando de bicha!

4o - Se seu amigo gosta de carros cabriolets de cores duvidosas, curte colocar um monte de homem no carro pra ir pra noitada, ao invés de levar um monte de mulher e agarrar pelo menos duas delas, cuidado, homem que é homem não deixa mais de um camarada entrar no carro, a não ser pra ir pro ensaio ou pra ir fazer show, pois todos que tocam em banda sempre têm pelo menos 4 amigos fudidos de grana, os demais componentes da banda , claro, pois músico é tudo fudido mesmo, ou se não é, vai ficar.

5o - Se seu amigo, sonha em morar num flat todo decorado com base no fengshui, curte móveis de cores clean, chama um decorador pra arrumar o diabo da caxanga, e ainda por cima têm uma vizinha gostosa que vive na sua casa e nunca foi agarrada por vc,
cuidado, vc está no grupo dos devoradores de croquete em potencial, pois macho mesmo sequer arruma a porra da casa.

6o - Se quando seu amigo pisa em alguma meleca e pra olhar se sujou seu sapatinho de cristal, ele levanta a sola do pé pra trás, e junto também olha pra trás, saia dessa, macho anda de cuturno ou sapato com solado vulcabrás. E se sujar ele passa o dedo na merda e joga a porcaria no primeiro perobo que passar do lado.

7o - Seu amigo olha se a unha está suja ou mal cortada esticando o braço e levantando a mãozinha pra cima? É mordedor de fronha mesmo. Macho, quando corta as unhas, usa uma peixeira. E sujeira faz parte já. Dá o gostinho especial na comida.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Intervenção divina...


Última quarta-feira o padre Gilclèr Regina foi vítima de uma tentativa de assalto quando dirigia-se para a igreja onde ministrava seu culto. Foi abordado por um carro com três homens, um deles desceu e tentou roubar-lhe a pasta onde estava seu notebook. O padre esboçou reação - a gente nunca sabe que tipo de reação vai ter nesses momentos - e entrou em luta com o bandido que deixou cair a pasta do padre. Quando o padre a apanhou deparou-se com o revolver apontado para si. TEC... e a bala pinou e o padre fiocu com a pasta e a vida.
Um dia depois, em Areias, Grande Recife, o padre espanhol Ramiro Ludenõ Y Amigo foi abordado por um jovem enquanto manobrava sua pick-up indo para igreja. O movimento de troca de marcha fez com que o jovem pensasse que fora uma reação e atirou. BUM... era uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira. O tiro acertou o ombro e transpassou o toráx do padre que morreu antes de chegar ao hospital.
Ambas as armas tem chance de pinar o seu projétil. Ambos os padres eram pessoas fortemente engajadas em projetos para recuperação de jovens e ações para minimizar a violência. Um morreu e outro não. Fico pensando que critério obscuro existirá para determinar quando vamos ou não morrer. Se existe mesmo um critério... Algo além da nossa compreensão com um objetivo final ou apenas o acaso. Sem destino... Sem intervenções divinas... apenas acaso.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Dente-de-Leão



Upload feito originalmente por Ka Re Иi Иa ♥
Dente-de-Leão sempre me recorda infância, coisas felizes, tranquilas. Acho que porque em filmes as cenas do Dente-de-Leão voando, sem rumo, solto, sempre estavam associadas a momentos de tranquilidade, crianças, brincadeiras... A brisa batendo nele e levando embora ao esmo aqueles floquinhos brancos. Era como se aquele floquinho flutuante pudesse também levar embora consigo todas as suas preocupações e angústias.
Dei-me conta que nunca mais vi um Dente-de-Leão. Acho que o último que vi foi realmente na minha infância ou adolescência. Ou talvez tenha visto algum, mas não dado a devida importância. Queria poder ter uma plantação enorme de Dente-de-Leão.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Empréstimo Consignado


Empréstimo consignado é aquele que já é abatido diretamente no contra-cheque do funcionário. É seguro para a instituição financeira que concedeu o empréstimo e de certo modo também o é para quem obteu, uma vez que você não vai poder contar com aquele montante, gastá-lo e não poder pagar a parcela do empréstimo.
Fora isso, por ter essa segurança para instituição financeira, as taxas de juros são inferiores as que são normalmente praticadas em um empréstimo comum. Por exemplo, enquanto em um crédito consignado a taxa é de 4% a.m., para o crédito pessoal essa taxa chega a aproximadamente 6% a.m.
O problema é que para você ter acesso ao crédito consignado a empresa onde trabalha precisa ter convênio com a instituição financeira que ofereça o serviço. A minha está em processo de conveniamento com meu banco :D

sexta-feira, 6 de março de 2009

Rápida Consultoria em RH :)

Estava lendo uma matéria no O Globo a respeito do aumento da taxa de desemprego e demissões nos EUA, devido a crise, e lembrei de um vídeo bastante interessante que recebi de um colega meu lá na empresa. O vídeo é um trecho de uma entrevista com o consultor financeiro Waldez Ludwig para o programa Sem Censura. Quanto você vale?
video

quarta-feira, 4 de março de 2009

сердца и системы кровообращения


Desisti de ignorar e tentar esquecer. Existem coisas que estão tão entranhadas dentro de nós que percebemos que já fazem mesmo é parte da gente. Coisas que não estão mais apenas no coração. No coração é mais fácil de arrancar. É como fazer um cateterismo. Apesar de ser um procedimento cirurgico, não é tão arriscado e traumático quanto uma cirurgia que abre seu peito para arrancar ou consertar algum defeito congênito.
Essas coisas já estão no sistema circulatório. Bombeando e irrigando todo o corpo. Ela está da ponta do dedo do seu pé até acima da sua cabeça. Para arrancá-la agora só tirando fora todo o sangue e trocando o coração. Parece até que ela já existia desde nosso nascimento. Quando éramos bebês. Talvez nesse tempo fosse mais fácil tratar... Acho que meu problema foi que meu convênio não cobria cirugias cardíacas em bêbes...

terça-feira, 3 de março de 2009

Jagunço


Nessa minha última viagem ao interior tive a oportunidade de conhecer o neto de um autêntico Jagunço. Para aqueles que desconhecem o termo "jagunço", aqui vai uma definição de Claudinor Queiroz: "Jagunço era todo indivíduo que empunhava uma arma em defesa própria, de seus bens, da sua família, do seu lar, na primeira oportunidade que se lhe oferecia.". O Jagunço era uma figura típica do Sertão Nordestino, substituído hoje pelo pistoleiro.
Ele contou-me que seu avô havia participado da Guerra dos Canudos e relatou alguns momentos em um livreto de anotações (tipo um diário):
"Voltamos exaustos do Riacho Masseté. Lutamos contra uns 50 praças ao lado de mais de um milheiro da população armada. Nunca havia visto uma multidão com tamanho fanatismo e raiva. Iam de encontro a polícia, de peito aberto, como se nada pudesse ferí-los. Acho que nem o tenente acreditava no que via. No começo os soldados imaginavam vitória certa. Atiravam a esmo contra a população que ia caíndo. Mas o que parecia se tornar o massacre da população daquele povoado virou o pesadelo dos soldados. Logo eles se viram cercados por uma população fanática. Podia ver agora o pânico no olhar daqueles soldados. Olhei para o lado e vi meus companheiros paralizados também, impressionante era aquela cena. Soldados fugindo como um peba procurando uma toca para esconder-se. Aqueles que ficavam para trás eram mortos e tinham suas fardas ostentadas em um estandarde de revolta. Quando voltamos ao Monte Santo rezamos pelas almas dos quatro jagunços que foram mortos na batalha. Um deles meu sobrinho."
Retomei um interesse repentino pela história de Canudos e dos Jagunços. Somente um mês após iniciada a guerra foi que o General Artur Oscar consguiu capturar um jagunço vivo. Segue abaixo algumas referências:

Filme:
Guerra dos Canudos (1997)

Livros:
Euclides da Cunha - Os Sertões
Alexandre H. Otten - Só Deus é Grande

domingo, 1 de março de 2009

Ando no mundo triste

Não digas nada a ninguém... Que eu ando no mundo triste. Tento esconder. Seguir meu caminho. Nem sempre consigo. Pode parecer ironia dizer aqui: "Não digas nada a ninguém" - mas estou dirigindo-me a você que está lendo, particularmente. Então deixemos minha tristeza somente aqui. Entre nós. Nosso segredo. Lá fora... Lá fora escuto os pássaros cantando. Para mim é um cantar triste. E se alguém aqui nunca teve uma razão para chorar, siga essa estrada. Não diga nada. Eu fico aqui.
Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo