Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

Âme douloureuse...

Imagem
Give me your soul [Explored], upload feito originalmente por Roby Benvenuti Photography. Alma dorida... Machucada... Confusa... Amargurada... Solitária. Fadada a nunca encontrar a paz. Comprometida com o sofrimento. Uma dor represada. Precisando abrir a comporta na esperança de algum alívio. Desenhando sua história em um compasso. Círculos, elipses, onde tudo isso começou? Não importa. Sempre sem um começo ou fim. O tempo já não é medido em dias, horas ou segundos, mas breves momentos de alegrias. Pequenos intervalos em sua contínua dor. Sentimentos que encontrou uma porta aberta, entrou, se apossou dela e lá fez sua casa. Comparece então a todos os eventos. Todos os momentos. Sempre à vontade. Alma cansada... Acomodada... Incompleta. Ontem, hoje, sempre dorida, sempre sem dono.

ѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮѮ

Sore soul... Painful... Confuse... Bitterness... Loneliness. Condemned to never find the piece. Compromised with the pain. Dammed pain waiting to open the gate in hope of some rel…

Fotografias...

Imagem
Fotografias vertidas em alegrias, tristezas, agonias, desejos, saudades, lembranças... Fotografias que encontro dentro de um livro. Fotografias que não querem deixar minha memória, que ainda vejo espalhadas numa pequena caixa. Desconexas. Fotos trazidas pela noite. Guardadas no escuro do quarto. Sufocando-me. Murmuradas em sonhos. Fotografias que brincam em minha mente, como crianças felizes. Vertem-se em uma lembrança triste, de algo que restou apenas naquelas fotos. Alma dolorida e castigada. Fotografias tão vivas quanto o prazer deixado com elas. Olho... Sinto... Fotografias vertidas em sorrisos... Fotografias vertidas em lágrimas.




Pictures turned into happiness, sadness, anguish, desires, missing, memories... Pictures that I found inside a book. Pictures that won't leave my memories, that I still see spread inside a little box. Incoherent. Pictures brought by the night. Kept into the darkness of the room. Suffocating me. Murmured in dreams. Pictures playing on my mind, like ha…

Love...

Imagem
, upload feito originalmente por prestigeya ♥ طبـ ع ــي كذآآ. Eu te Amo
Я люблю тебя
Я люблю цябе
Обичам те
Волим те
Ek is lief vir jou
Unë të dua
أحبك
T'estimo
我爱你
我愛你
Miluji tě
Jeg elsker dig
Ik hou van je
Ma armastan sind
Mahal kita
Rakastan sinua
Je t'aime
Quérote
Ich liebe dich
Σ 'αγαπώ
אני אוהב אותך
मैं तुमसे प्यार करता
Szeretlek
Ég elska þig
Aku mencintaimu
Io ti amo
わたしは、あなたを愛しています
당신을 사랑합니다
Es mīlu tevi
Aš tave myliu
Те сакам
Aku mencintaimu
Inħobbok
Jeg elsker deg
Jag älskar dig
من شما را دوست دارم
Te iubesc
Milujem ťa
Ljubim te
Te quiero
Mahal kita
ผมรักคุณ
Seni seviyorum
Tôi yêu bạn
Me dor wo
Te dashuroj
Sheth she~n zho~n
Maite zaitut
:..:| ..:| |..-.. .::":.., :.:;
Nemehotatse
Mi amas vin
Rohiyu
Taim i' ngra leat
t'a gr'a agam dhuit
Szeretlek
Eg elska thig
Ego Amo te
Wani ra yana ro aisha
Da ma la nope

Para onde irão os Guaiamuns?

Não sou ambientalista, acadêmico ou muito menos integro alguma ONG, mas tenho consciência de que mais do que nunca é preciso conservar o meio-ambiente. Mas será que desenvolvimento econômico pode realmente andar junto com o meio-ambiente e sustentabilidade? Ultimamente a polêmica a respeito do desmatamento de mangue em Suape para a expansão da área portuária vem chamando a atenção para esse ponto. De qualquer modo não acredito que desenvolvimento econômico deva acontecer a qualquer custo. Isso para mim é coisa de gente com mentalidade pequena, inconseqüente e irresponsável. Quando você meche no equilíbrio ambiental, no ecossistema, alguma conseqüência vai aparecer. Não é preciso fazer nenhum estudo, tese ou ser acadêmico para ver isso. É só ter um mínimo de inteligência. Se eu acabo com uma área de mangue, conseqüentemente estou acabando com os guaiamuns que viviam e reproduziam-se lá. Estou tirando também o sustento de pessoas que vivem da pesca de guaiamuns para sobreviverem. É, aque…