terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Too much work... So few sleep!





Since the year had begun I haven't been sleeping very well. I lay down, turn one side, turn another side, and only late at dawn I can sleep. And suddenly I have to get up to work. Even in the weekends I haven't been sleeping enough. This, somehow (or very how), has been affecting my productivity at work and even in my personal tasks.
Searching for the reasons for haven't been sleeping well, the overworking fitted perfectly. The beginning of this year was quite agitated, and has been being since then. When you get home and turn on your laptop, even for personal tasks, it leads your brain in intense activity when you lay down on bed.
A research at the American Journal of Epidemiology showed that a group of person that used to work over 55 hours a week had had worst performance on the tests results, then the group which used to work around 40 hours a week. The tests evaluated verbal memory and skills, fluid intelligence (associated with short-term memory, abstract thinking, creativity, and problem solving), and crystallized intelligence (learning accumulated over the life span in education, work, and cultural experiences). This last one even keep growing until the 60's or 70's years old, and only starts to decrease starting from 80's.
Have notice that when I speak about overworking I'm not talking about only your job by itself. Understand that overworking is also the tasks that you do when you get in your home (or somewhere out of work place). Turn on your laptop for personal stuffs, for example, when you arrive at your home, can contribute in the increasing of your week working hours.
To take the prove in this last Wednesday I resolved to, arriving home, I wouldn't turn on my laptop or TV. I took a shower, had my dinner, put on my pajamas and gone to bed. I put a Classical Music radio station and read a book. My dog laid down by my side and near 20:30 I just turned off. Slept. I woke up  in the other morning totally renewed, in ecstasies, "Good Morning Sun" and "Tinny Kisses of Light". In that day I got a better food, had more energy and even I got a better mood - those who knows me, knows how surreal it is!
So, even being necessary you do overworking sometimes, having more the 48 working hours a week, when you start to feel very tired, not getting a good sleep night, try this. Disconnect of everything that is your normal routine. Disconnect by yourself, with only your dog, with your friends or your partner. Just be abstracted of everything that reminds your routine and have a good night!

Muita atividade... Pouco sono!


Desde o começo desse ano de 2016 não tenho dormido direito. Deito, embolo pra um lado, embolo para o outro e só pelas tantas da madrugada que o sono chega. E logo tenho que levantar para o trabalho. Mesmo fim de semana não tenho conseguido por o sono em dia. Isso, de certa (ou completa) forma vem afetando minha produtividade no trabalho e até pessoal.
Em busca dos motivos de não estar dormindo direito, o excesso de atividades encaixou-se perfeitamente. O começo do ano foi bastante agitado e desde então assim tem sido. Quando você chega em casa e ainda liga o laptop, mesmo que para tarefas e coisas pessoais, deixa seu cérebro em plena atividade ao deitar-se.
Uma pesquisa publicada no Jornal Americano de Epidemiologia mostrou que grupos de pessoas que trabalhavam mais de 55 horas semanais tiveram menores pontuações nos testes do que grupos que trabalhavam até 40 horas semanais. Os testes englobavam memória e habilidades verbais, fluidez da inteligência (associada a memória a curto prazo, pensamento abstrato, criatividade e resolução de problemas.), e inteligência cristalizada (aprendizado acumulado durante a vida educacional, profissional e cultural). Essa última, inclusive, tende a aumentar até os 60 - 70 anos e só começa a diminuir a partir dos 80.
Note que quando falo em excesso de atividades não estou relacionando apenas ao trabalho por si só. Entenda por excesso de atividades, as atividades que você realiza ao chegar em casa. Ligar o laptop para coisas pessoais por exemplo, ao chegar em casa, influencia nas sua carga horária semanal.
Para tirar isso a prova, na última quarta-feira resolvi que, ao chegar em casa, não iria ligar meu laptop nem assistir TV. Tomei meu banho, jantei, coloquei meu pijamas e fui pra cama. Coloquei uma estação de músicas clássicas e fui ler um livro. Meu cachorro deitou-se ao meu lado e as 20:30 aproximadamente eu apaguei. Acordei renovado, extasiado, “bom dia sol” e “beijinhos de luz”. Nesse dia me alimentei melhor, estava mais disposto e até com o humor melhor - quem me conhece sabe como isso é surreal.
Então, mesmo que seja necessário você fazer suas horas extras, prolongar suas atividades para além das 48 horas semanais, quando sentir-se esgotado, sem conseguir dormir direito, tente isso. Desligar-se de tudo que seja rotina por uma noite. Seja sozinho com seu cachorro. Seja com amigos. Seja com sua (seu) companheiro(a). Apenas se abstraia do que remete a sua rotina e tenha uma boa noite!

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo