domingo, 29 de março de 2009

Adotado por pais Homo


Hoje vou polemizar... Vou ser xingado, crucificado, excomungado, etc., mas porra, que merda é essa? Eu sou um bêbe! Não posso escolher a família que vai me criar, mas caracóis, ser criado por um casal de bibas também é phod's! Ontem cheguei no meu quarto e tinha uma decoração do Robin! Robin do filme do Batman de Shummacher!!! Porra!!! Robin!!!??? Eu gosto do Cavaleiro das Trevas, do Wolverine, do Spawn!!! Super-herói de macho porra! Não aquela bichinha que fica saltitando e falando "macacos me mordam batman!". O cão que o morda. Meu quarto é cheio de ursinhos, bichinhos, bibelôs coloridinhos..., To com medo já de quando ficar mais velho, em vez de ter um pôster do Iron na minha parede, colocarem um pôster do Rick Martin! Colocam-me pra brincar com massinha colorida, livrinhos de pintar e recortar, adesivos! Porra! Gosto de brincar de bola, tijolo, carro, mondromo feio... E peitos então?!?!?!! Minha maior frustração! Não, mas ninguém pensou nisso na hora de me adotarem! A únima mamada que conheço é no bico de uma mamadeira mesmo. Meu outro medo é querer mamar outra coisa quando ficar mais velho :/
Quero um pai que me leve pra um estádio de futebol e não pra uma partida de tênis. Que me leve pra beber e raparigar. Que quando eu tiver 15 anos me leve pra um puteiro. Hoje nem sei dizer quem é meu "pai" e quem é minha "mãe". E provavelmente vai ser uma dúvida que levarei pro túmulo. Portanto prezados pretendentes homo a adotarem um infeliz bêbe hetero: nós também temos vontades, desejos e gostamos de coisas que não são nem irão ser necessariamente o que vocês gostam! Tenham a consciência de não nos imporem um vida de bibolagem quando nem temos como defender-nos ou protestar!

Um comentário:

  1. FInalmente um post com o selo de qualidade JOE, o GROSSo!!
    Infelizmente o post não pode ser feito de lapiz de cera, ou melhor, de pedaço de tijolo, isso sim, forma de macho escrever...na pedra....e com letra feia....

    ResponderExcluir

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo