sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Miséria...


, upload feito originalmente por Abdullah Al-faggar ايليتس للقمهـ.

Enoja-me toda essa miséria dos homens e toda essa nossa vontade de não fazer nada. Pessoas nas ruas sem um mínimo de dignidade. Sem terem onde dormir. Sem mal terem o que comer. Comendo os restos que nem para nossos fofinhos animais de estimação, deixamos. Sem nenhuma condição de higiene básica. Como de volta a Idade Média.
Não estou criticando os políticos ou as grandes companhias por sua inércia perante tudo isso. Estou criticando a mim, a você, a todos nós que nos acomodamos a dançar e brincar perante tal situação. Nós que já não nos importamos com cena tão banal. Passamos por essa cena com a naturalidade de uma novela da Globo, as vezes até com repúdio, como se fosse culpa daquela pessoa viver em tal miséria.
Ensinaram-me, porém, a nunca criticar sem apresentar uma proposta de solução para o problema. Não a tenho. Sinto-me inútil. De mãos amarradas diante de tudo isso. Sinto-me incompetente por não saber o que fazer para mudar algo. Fraco por minha incapacidade de tomar alguma inciativa.
O Haiti está em nossa casa e nós nem ao menos vemos isso.

¤¤¤¤¤¤¤ ¤¤¤¤¤¤¤ ¤¤¤¤¤¤¤ ¤¤¤¤¤¤¤

Despises me all those men misery and all desire of us to do nothing about. People on the streets without a minimum of dignity. Without a place for sleep. With barely have something to eat. Eating the rests that we even given to our cute puppies. Without any condition or basic hygiene. As we had came back for the middle ages.
I'm not criticizing the politicians or the big companies for their inertia about this all. I'm criticizing me, you, and everybody which had been being accommodated. Dancing and playing in front of this entire situation. We that mind anymore for so trivial scene. We pass by those people with such naturalness of a bad soap opera, sometimes even with repudiation, as if was their fault to be like that.
I learned, however, to never criticize with show some propose of solution to the problem. I don't have. I feel useless. With tied hands in front of this. I feel incompetent for don't know what to do to change this. Weak for my incapacity to start something.
The Haiti is inside our homes and we even can't see this.

Um comentário:

  1. Up here those that are in the position to help are often smug about it, bragging about how wonderful they are. If you want to do the glamorous part, you have to be connected. It undermines the point of charity in the first place.

    Are you in the area that is having the heat wave?

    ResponderExcluir

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo