quarta-feira, 16 de março de 2011

E se...


E se..., upload feito originalmente por Guzma.

Com certeza alguma, ou várias vezes na sua vida, você já usou a expressão "e se". "E se eu tivesse aceitado aquele emprego" - "E se eu tivesse saído aquela noite" - "E se eu tivesse casado com ela". Existem inclusive diversas teorias sobre universos paralelos, onde existe uma versão da nossa vida para cada possibilidade de caminho que podemos seguir.
Assim que nascemos começamos a trilhar um caminho. Bem, enquanto somos bebês e crianças, praticamente todos os caminhos que tomamos são impostos. Somos guiados por nossos pais, tutores, etc. Nem sempre essas pessoas nos guiam por bons caminhos, infelizmente. Isso já é o suficiente para mudar nossa rota. Chegamos na adolescência e começamos a ter opções. Escolher caminhos. Geralmente caminhos errados, mesmo sendo ainda orientados. A parte boa é que normalmente esses caminhos não causam grandes mudanças no nosso percurso. Podemos voltar a trilha principal e levar alguma aprendizagem.
Interessante como esses caminhos nossos são compartilhados com outras pessoas. Colegas do colégio, amigos do condomínio, da rua ou do bairro. Sempre estamos caminhando em uma trilha com alguém. Tomamos atitudes que influenciam no caminho dessas pessoas e vice-versa. Mudamos de colégio, repetimos de ano, e assim vão mudando as pessoas que nos acompanham.
Junto a isso também começam nossos relacionamentos. Primeiro beijo, perda da virgindade, emoções e hormônios quase que controlando nossos passos. Começamos a traçar um caminho de forma mais definitiva. Tomamos decisões que irão pesar em nossa trilha e na trilha de outras pessoas. Escolhemos uma carreira. E essa carreira já é decorrente de caminhos traçados lá atrás. Escolhemos as pessoas com quem partilhar o caminho. Cada uma dessas pessoas, cada um desses caminhos podem te levar a uma infinidade de possibilidades. Filhos, sucesso, fracasso, morte... Não há como saber o que existe no meio
dessas trilhas.
Por algum motivo existem caminhos que de qualquer modo iríamos trilha-los. Chamam esses caminhos de Destino. Qualquer trilha que você tome, passará pelo Destino. A única diferença vai ser em quão mais rápido você chegará lá e quem estará nesse caminho com você. E assim nós seguimos com a vida. Tomando decisões, fazendo escolhas e trilhando caminhos. As vezes fico pensando nesses "E Se"'s e como estaria minha vida e a vida dos que seguiram ou não comigo em algum desses caminhos. O menor desvio no meio de uma dessas trilhas e eu estaria em um lugar diferente, mas nunca seria uma pessoa
diferente.

"Se eu fosse um cisne, estaria morto
Se eu fosse um trem, estaria atrasado
E se eu fosse um bom homem
Conversaria contigo mais frequentemente do que faço
Se eu fosse dormir, poderia sonhar
Se eu tivesse medo, poderia me esconder
Se eu enlouquecer, por favor não ponha
Seus fios no meu cérebro
Se eu fosse a lua, eu seria legal
Se eu fosse uma regra, estaria dobrado
Se eu fosse um bom homem, eu entenderia
As distâncias entre amigos
Se eu estivesse só, eu choraria
E se eu estive contigo, eu estaria em casa e seco
Se eu enlouquecer
Você ainda vai me deixar participar do jogo?
Seu eu fosse um cisne, estaria morto
Se eu fosse um trem, estaria atrasado novamente
Se eu fosse um bom homem
Conversaria contigo mais frequentemente do que faço"
(Pink Floyd - If)

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-

Surely for some, or many times in your life you have used the expression "and if"'s. "And if I had accepted that job -" And if I had gone out that night - "And if I had married her." There are also several theories about parallel universes, where there is a version of our life for every possible path we can follow.
In the moment we're born we begin to tread a path. Well, while we are babies and children, most of the roads we take are imposed. We're guided by our parents, teachers and others. These people not always guide us in good ways, unfortunately. That is enough to change our route. We arrived in the teenager and start to have options. Choose paths. Generally wrong paths, even still we're oriented. The good part is that often these paths don't cause
major changes in our way. We can return to the main trail and still take some learning.
Interesting how these pathways are shared with another persons. Fellow from the college, friends, neighborhood or others. Whenever we're walking on a trail with someone. Our attitudes influence the path of these people and also their to us. We change the college, we go reproved, and this will also change the people who accompany us.
Along with that also begin our relationships. First kiss, loss of virginity, emotions and hormones that control our steps. We began to walk a path with more definition. We make decisions that will have a role on our trail and the trail of others. We chose a career. And that career is due to paths laid back. Choose the people with whom to share the road. Each of these people, each of these paths can lead you to a number of possibilities. Children,
success, failure, death... There is no way to know what is in the midst of these paths.
For some reason there are paths that in any way will track them. We call these paths as Destination. Any path you take, will pass through the Destination. The only difference will be in how quickly you get there and who will be on that path with you. And so we go through life. Making decisions, making choices and walking paths. Sometimes I get thinking on these "And If"'s and how would be my life and life of those who followed me,
or not, in any of those paths. The smallest deviation in the middle of one of those tracks and I'd be in a different place, but would never be a different person.

"If I were a swan, I'd be gone
If I were a train, I'd be late
And if I were a good man,
I'd talk with you more often than I do
If I were to sleep, I could dream
If I were afraid, I could hide
If I go insane, please don't put
Your wires in my brain
If I were the moon, I'd be cool
If I were a rule, I would bend
If I were a good man, I'd understand
The spaces between friends
If I were alone, I would cry
And if I were with you, I'd be home and dry
And if I go insane,
Will you still let me join in the game?
If I were a swan, I'd be gone
If I were a train, I'd be late again
If I were a good man,
I'd talk with you more often than I do"
(Pink Floyd - If)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo