quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Posto de Saúde Público

Hoje pela manhã fui a um Posto de Saúde Público. Não para comprovar como é sofrida a rotina de quem precisa sempre desse serviço ou de alguma forma sádica me satisfazer em ver pessoas que acordam as 4 da manhã para serem atendidas as 9:00. Tivemos que ir ao Posto de Saúde Público para obter um encaminhamento para fila de inseminação artificial no IMIP, uma vez que não tenho R$15.000 disponível para o tratamento particular. Vivenciei toda a sabatina (ou parte dela) das pessoas humildes que tem nesses postos a única forma de receberem atendimento médico clínico. E não, não é nada divertido. Algumas dicas pra se algum dia também forem a um Posto de Saúde Público, que não seja pra tomar vacininha:
1) Use roupas leves e simples. Nada de ir com a roupa do trabalho, tipo calça, camisa e sapato social. Gravata nem pensar! Primeiro que o calor é medonho. Você fica sentado em frente a um ventilador que não funciona. Metade das pessoas vai achar que você é pastor evangélico e a outra metade que você é um playboy metido que veio tirar sarro deles. Você se sentirá a Ervilha na festa do Milho. Bermudão, camiseta e chinelão é o guarda-roupa ideal. Não tenha vergonha de mostrar aquela sua unha mofada com fungos. É apenas mais uma lá!
2) Falando em evangélicos, cuidado! Provavelmente algum vai sentar ao seu lado e tentar lhe trazer para Jesus! Tentar lhe salvar do fogo do inferno! E se você estiver com os trajes citados acima (social style) ai fudeu amigo porque no mínimo vão achar que você é um pastor. E a conversa irá longe. Caso isso ocorra, apenas concorde e balance a cabeça até chegar a hora de chamarem sua ficha (ou a da outra pessoa). Nunca, em hipótese nenhuma diga que você é de outra religião e muito menos que é ateu. Todos eles vão pro inferno e você vai conhecer a ira e persistência de um evangélico inquisidor.
3) Se você acha que vai chegar lá e esperar no máximo meia horinha... É o ERRO! Meu velho, você vai ficar no mínimo duas horas sentado numa cadeira de plástico, num calor medonho, assistindo Ana Maria Braga, com imagem ruim e sem som! Então amigo, leve um livro. Veja bem, eu disse livro! Nada de Palm, Netbook, NoteBook, iTab ou mesmo joguinho de celular. Você só vai chamar atenção desnecessária, pois as pessoas irão ficar se perguntando o que um cara que tem aquilo está fazendo no posto de saúde público. Deve ser pra zoar deles né? E livro, veja bem, nada de levar Dostoievsky, Tolstoi, Luis Fernando Veríssimo, Paul Sartre... Não. Erro novamente. Lembre-se que algumas pessoas lá nem ao menos sabem ler. Elas podem ficar ofendidas. Leve uma revista Caras, Contigo, página de esportes do jornal ou no máximo um livro do Paulo Coelho. Se alguém puxar conversa com você ótimo, o tempo passa mais rápido. Conversem sobre a novela. Nunca sobre política, religião ou qualquer outro assunto que possa gerar uma polêmica.
4) Não ache que você vai se distrair olhando pelo menos algumas garotas bonitas. Nunca vi ninguém dizendo "Hoje vou pro PS azarar!". Posto de Saúde Público é feio! O povo que freqüenta também é feio. Na boa, eu não sou nenhum Brad Pit, mas tava fazendo sucesso grande. Acho que eu até conseguiria uns 4 ou 5 telefones (sem serem fakes hein!) das "gatinhas" por lá. Você vai escutar pessoas falando "mastruação", "merdicamento", "Prenha" (no lugar de grávida), entre outras pérolas. Não ria! Nunca! Além de ser uma grande falta de educação e humildade, é uma grande falta de juízo também. Você pode acabar se tornando o centro das atenções (mais ainda) do PS, descobrindo que essas pessoas não só conseguem falar errado, mas muito alto! Principalmente se estiverem discutindo com você.
Se vocês seguirem esses 4 passos básicos, vão conseguir fazer da sua consulta uma coisa bem menos traumática, quase que imperceptível!




This morning I went to a Public Health Clinic. Not to prove how suffering is the routine of those whose need this kind of service, or on some sadist way, to satisfy myself looking people that woke up 4 am to just receive care at 9 am. We had to go to a Public Health Clinic (PHC) to receive a referral to get into the artificial insemination line, at the IMIP Hospital, once that I don't have $15.000 available to pay the treatment. I lived all the sage (or a part of it) of those humble people that have on those public clinics the unique way to get some health care. And no, it isn't funny. Some tips to those that need a PHC not just for take some influenza vaccine:
1) Use light clothing. Don't go there with the clothes that you usually use to go to a work place. No social pants, shoes or t-shirts. Don't even think in use a tie! The heat there is amazing and probably you'll seat in front of a broken ventilator. Half of the people there will think that you're some evangelic pastor, and the other half that you're some playboy that's there just to fun of their faces. It's no good if they think that. You'll be felling like the peas on the corn party! Shorts, shirt and slippers are good to this environment. Don't feel shame to show your entire nail with fungus and moldy. It will just one more nail there.
2) Talking about evangelic, be careful! Probably some will sit by your side, trying to bring you Jesus! Trying to save you from the fire of the hell! And if you're using clothes like I told above (social style), you're in troubles, because they'll just think that you're some priest or pastor. And the conversation will be far my friend. If this happen, just shake your head, agreeing or not, until they call you (or call the other person). Never, I said never say that you have another religion or just don't believe in religion. All those people go to hell and you'll just know the fury of a inquisitor evangelic!
3) If you think that you'll get there and will wait at maximum a half of hour for attendance... FAIL!!!! Dude, you'll wait at least two hours set on a plastic chair, on a heat that just look like the hell, watching some boring cooking program in a tv with bad image and no sound. So my friend, take a book with you. Pay attention, I said book. No Palms, NetBook, Laptop, iTab or even a game on your mobile. You'll just bring unnecessary attention to you, because people will start to ask what a guy that can buy those technologies is doing there? May to make fun on they, isn't it? So, take the book. Just be careful with the book. Nothing about Dostoyevsky, Tolstoi, Hemingway, Luis Fernando Verissimo, Paul Sartre... No no. Fail again. Remember that some of people there even can read or write. They may get offended. Take some soap opera magazine, sport page of a journal or at maximum a book of Sidney Sheldon. If someone start talk with you is better. Time will pass faster. Talk about soap opera. Never about politics, religion or anything polemic.
4) Also don't think that you'll can distract looking beautiful girls there. I never listened somebody telling "Today I go to the PHC get some chicks!" PHC are ugly! And people there are also ugly! People, I'm not even close to Brad Pit, but I sure you that made fans there. Maybe I could even get 4 or 5 telephone numbers there (and not fake numbers!). There you can heard people saying "manstruation", "merdicine", "pregnanted", among others pearls. Don't laugh on this! Never! Besides this represents a very no education and humility, it's also a no sense. You can become the center of the attentions with this (even more), finding that those people apart then can't spell correctly, they can talk very loud. Mainly if they are discussing with you.
If you follow those four basic steps, I sure that you will have a stay there such less traumatic and almost imperceptible.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo