terça-feira, 23 de março de 2010

Contra Burguês, Vote 16!!!

Não achei que eu fosse encontrar tanta coisa sobre Kátia Telles apenas visitando o site do seu partido, o PSTU. E foram tantas coisas que me deixaram com medo. Acho que não consegui somar nenhum ponto positivo que me tentasse a votar nela. Além dela ser a Paladina da Política, afirmando que todos os outros são cúmplices da corrupção e do mensalão, vem com propostas altamente radicais e que não consigo ver como funcionais ou com algum plano de ação coerente.
Vamos Desprivatizar a CELPE!!!! Mágico!!!! Simples não? A gente cancela a venda e dá um chute na bunda da Iberdrola ou simplesmente compra de volta, pelo menos pelo dobro do valor que foi vendida. Vai ser bonito. Claro, se ela voltar para o estado, não haverá mais cobrança de energia para mais da metade da população. E a outra metade que vai se descabelar pra pagar as contas de todos. É bem justo.
"Nenhuma isenção, renúncia ou incentivo fiscal para as empresas.". Esqueci que empresas não geram empregos. Afinal, todos os trabalhadores daqui devem ser pagos pela folha do estado, inclusive eu. Vamos então cortar os incentivos, diminuir a produção e demitir alguns mil trabalhadores. Vai ser bacana.
Obras públicas financiadas com impostos especiais e progressivos sobre as grandes fortunas. Tu é rico? Se fufu! Ah, mas claro que na Terra do moranguinho Feliz de Kátia Telles os ricos vão ficar nesse estado e continuar a abrirem empresas aqui, mesmo sem nenhum incentivo e ainda tendo que pagar mais por isso. Porque eles são legais! Não... ninguém vai preferir abrir empresas no estado vizinho, onde é mais barato e terão incentivos fiscais. Isso é uma grande mentira!
"Propomos que todas as terras do país sejam propriedade do Estado, mas garantindo o pedaço de terra para quem nela queira trabalhar. Haverá um redirecionamento da produção de forma a atender às necessidades da população e não do mercado.". Se não me engano na URSS foi assim, não? Eita... não funcionou. É tipo você tem duas vacas, mas na verdade elas pertencem ao estado. Ele vai lá, mata uma delas pra alimentar o exercito só que a outra não dá leite. Ai sua família morre de fome e o estado confisca a outra vaca.
"Pelo menos 710 mil moradores da RMR vão andando para o trabalho por falta de dinheiro para bancar o transporte público.". Admitamos que isso seja verdade. Onde nesse mundo o nosso sistema de transporte público vai conseguir suportar essa demanda de 710 mil usuários a mais, se ele nem suporta o que existe hoje? E ai? De quem vai ser a responsabilidade de melhorar o sistema de transporte público? Das empresas que não vão receber nem incentivo nem subsídios pra isso? E a Sra. Governadora vai conseguir dinheiro onde? Dos impostos ululantes das grandes fortunas que vão ficar no estado olhando seu dinheiro sumir? Acho que na Terra do Moranguinho Socialista isso funciona.
Ela apenas distorce um pouco a frase de Engels: "A libertação dos trabalhadores será obra dos próprios trabalhadores". O próprio Marx teve muita dificuldade ao tentar impor essa máxima em prática, pois como delimitar a entidade "Classe de Trabalhadores"? E pior, como delimitar as várias tendências ideológicas dentro dessa própria classe? Muito já foi conseguido pelos trabalhadores ao longo de anos, pelos próprios trabalhadores, mas em nenhum momento retirando das empresas os subsídios para que continuem trabalhando.



I couldn't imagine to find so many things about Kátia Telles just visiting the site of her party. And that were so many things that feared me. I think I didn't sum any positive point to make me even consider her as a possible candidate to my vote. Besides she's the Paladin of the Politics, saying that every others are corruption accomplice, she comes with high radical proposes, which I can't see as functional or with any fundament to get it working.
Let's UNprivatize the CELPE (Energy Company of the State)! It's magic! Very simple, we just cancel the company sell (it was more or less ten years ago) and kick the ass of the buyers. Or better, we simple buy it back, for at minimum the double of the price that it worth. It'll be pretty. Sure that if it come back to the state hands, the plan is also to not charge energy payment for more than a half of the population. The other half play the magic to pay their and the others bill. Very fair.
"No tax immunity or tax incentive to the companies". Oh yes, I forgot that companies don't bring jobs. At least all the employees here are paid by the government, including me. So let’s cut the incentives, decreasing the production and firing some thousands of workers. It'll be cool.
Public works will be funded with the money of special progressive taxes charged to the big fortunes. You're rich? Good luck my friend! Sure that in the Strawberry Happy Land of Katia Telles the rich ones will still remain here and keep opening their companies, even without any incentive and paying more for that. Just because they're cool people. No... no one will prefer to open its company on the neighborhood state, where the price is cheaper and that are taxes incentives. That's a lie!!!
"We propose that all the land of this country may be state property, but granting a piece of land to those that want to work on it. That'll be a redirection of the production to meet the needs of the population, not of the market.". I guess that was like this at USSR, didn't it? Ops... Didn't work! It's like you have two cows, but in fact the state own they. So it goes there and kills one of the cows to feed the army, but the other doesn't have any milk. So your family dies starving and the state takes the left cow.
"At least 710 thousand city residents go to their work on foot because they don't have money to pay a public transport". Well, let's say that this is true. Where in this world our public transport system will support those 710 thousand users, when it can't even support the actual users amount? So? Who will be responsible to improve the transport system? The companies which won't get any support or incentive to do it? Where Mrs. Governor will get this money? From the super taxes of the rich companies that will be just looking their money going away? I guess that at the Socialist Strawberry Land this may work.
She just distorts a little the Engels quotation: "the emancipation of the working class must be the act of the working class itself". What programmatic statement could delimit the organization as a class movement of the proletariat, yet avoid lining up with any of the various ideological tendencies within that class (or outside it)? The working class got a lot along those years, but never removing from the companies any allowance to they keep working.

Um comentário:

  1. How long until the elections? Maybe you still have time to find an ostrich. alas, I can't find any English language stuff on any of your candidates. supposedly if you can read Spanish you can read Portuguese but Spanish is still sort of a stretch for me.And I have been slacking a little as of late. We have the wife of one of the professional wrestling magnates running for senate in my state- bleech! I don't trust large scale businessmen/women.

    ResponderExcluir

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo