quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Eu já sei voar!

Apesar do problema de achar suas coisas, desempacotar e reorganizar tudo em uma mudança, existe o lado bom de encontrar coisas que estavam

esquecidas, perdidas e guardadas em lugares longe da memória. Pequenas histórias que lhe tornaram no ser de hoje. Anotações, cartões, frases, textos,

poemas, objetos, invenções, livros, fotos... Algumas dessas histórias me levam a lugares bem distantes, mas com um pouco de imaginação consigo

alcançar aquele lugar e tempo.
Uma gaiola antiga onde vivia um casal de canários me leva ao antigo apartamento no Janga, onde vivi aproximadamente 20 anos de minha vida. Uma parte

bem razoável dela :P Todas as manhãs eu acordava com o cantarolar deles, pois o sol, assim que nascia, já caia dentro da gaiola. Lembro que as vezes,

ao voltar do colégio, passava horas observando-os, desejando vê-los soltos e voar junto com eles. Tudo por causa daquele canto.
Hoje eu já sei voar!

"Quanto mais eu digo: "te amo", mais eu te amo
E quanto mais eu digo: "tenho medo", mais eu temo
Mais história se constrói, quanto mais eu conto histórias
E quanto mais desculpas eu dou, mais a culpa me destrói
E assim dizendo umas coisas, Invento meu dizer
E assim falando umas frases, tudo tem haver.

Pode acreditar, eu sei voar!
Eu sei voar!
Pode acreditar, eu estou no ar!
Ainda vou te chamar!

Vou dando bom dia e os dias ficam legais
Vou conjugando meu destino ao mistério dos tempos verbais
E assim tecendo argumentos, mantenho a minha razão
E assim jogando palavras, controlo o batimento do coração!"
(Kid Abelha - Eu Sei Voar)

<♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫>

<♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫><♫>

Instead of the problem to find your things, unpack and reorganize everything on your removing, there's a good side in finding things that were forgotten, lost and kept in places far from your memories. Little histories that made you the person that you're today. Notes, quotes, phrases, texts, poems, objects, inventions, books, pictures... Some of those histories take me to very far places, but with a little imagination I can get to that place and time.
An old birdcage where lived a couple of canaries takes me to my old apartment at Janga, where I lived for about 20 years of my life. A very reasonable part of my life... Every morning I used to wake up with their singing, because on the sunrise it shinned the cage. I remember sometimes, after come back from school, I used to spend hours watching them, just desiring to see they free, and free fly together with them. All because of that singing...
Today I already can fly...

"How much more I say "I love you", more I can love you
And how much more I say "I'm afraid", more I fear
More histories can be made, how much more I tell histories
And how much excuses I give, more the blame destroys me
And like that, saying something, I invent my saying
And like that, saying some phrases, everything in common.

You can believe, I know to fly!
I know to fly!
You can believe, I'm in the air!
I still will call you!

I going giving Good Mornings and the days becomes cool
I going conjugating my destiny to the mysteries of verbal times
And like that I going webbing arguments, keeping my reason
And like that, playing with words, I control my heart beatings!"
(Kid Abelha - I Know to Fly)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo