terça-feira, 21 de julho de 2009

O Portão do Pensionato


Fossanova
Upload feito originalmente por gab79
Sinto falta daquele portão. Da Dona Helga entoando seu toque de recolher às 22 horas. De ficar parado, do outro lado da rua, apenas esperando a chance de lhe ver por alguns momentos passando pelo portão. Dentre tantas dentro daquele pensionato, apenas você possuia um rosto. E eu ficava ali, no sigilo, no anonimato. Imaginando sua rotina dentro daqueles portões. Suas alegrias, suas tristezas, seus segredos... Imaginando um dia poder participar daquilo. Não dentro daqueles portões, pois ali só cabiam garotas. Participar de sua vida dentro de nossos próprios portões.
Mas aquele portão me impedia. Depois dele existia um mundo proíbido, secreto, inexplicável. Mesmo que a mim, so interessasse uma única pessoa. Quem dera lá eu ter um trânsito livre. Ou então poder ser ilícito suficiente para entrar oculto naquele seu mundo. Entrar lá "por engano".
Sinto falta do sentido que aquele portão fazia para mim. Do que eu sentia quando o via. Dos desejos e anseios que ele me causava. Não pela sua madeira, tamanho ou espessura... Mas por limitar aquele mundo proíbido e desejado.

Escutando Travis (Luv)

====================================

I miss that gate. I miss Mrs. Helga shouting the Go to Bed announcement, at 22 o'clock. I miss to stand at the other side of the street, just waiting for a chance to see you, even for a short moment, passing by that gate. Between so many inside that pension, I just could see your face. I was stand there, in the silence, anonymous. Just imagining your routine inside that gate. Your joys, your sadness, your secrets... Imagining one day to be part of this. Not inside those gates, 'cause there was only girls. Share your life inside our own gates.
But that gate blocked me. After that gate was a forbidden world. Unexplainable, secret world. Even that you were the only interested thing for me there. How I wish to have a green pass there. Or the courage to be illicit enough to go inside that world. Hide. Get there "by a mistake".
I miss the meaning of that gate. I miss what I felt every single time that I look at it. I miss the wishes and desires that it made to me. Not for its wood, size or how large... But just for block me to reach that forbidden and desired world...

Hearing Travis (Luv)

Um comentário:

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo