terça-feira, 7 de julho de 2009

Controle Orçamentário


Ultimamente estou bastante preocupado com meu orçamento. Principalmente com o advento do financiamento do meu imóvel. Junto a isso soma-se ainda o custo do condomínio, alimentação e outras possíveis despesas que terei quando estiver morando lá.
Há uns dois anos atrás eu coloquei minha mãe como dependete do meu cartão de crédito. Meu pai faz um controle bem rígido das despesas dela e fiz isso para minimizar sua angústia. O fato agora é que sua angústia tornou-se a minha!
No começo ela até não gastava lá essas coisas. Atualmente só sua parte não tem vindo menor que R$700,00. Ou seja, mais ou menos a prestação do apartamento! A isso junta-se minhas despesas e as despesas da minha esposa que não está trabalhando para estudar para concursos públicos. Resumindo, o que tem sobrado todo mês não cobre, nem de perto, as despesas que ainda vou ter quando for aprovado o financiamento, algo cerca de R$1.300,00.
Já conversei com ela e não adiantou muito, pois voltou a vir alta a fatura do cartão. Ontem a noite ainda conversei novamente, mas ai ela começa a chorar, chantagem emocional, etc. Restam agora duas opções: cancelar o cartão ou tentar reduzir o limite individual. Caso não consiga reduzir o limite individual, o jeito será reduzir o limite de todo o cartão. Isso vai feder...

A chuva não deu uma trégua ontem. Inclusive o estresse devido a uma árvore que caiu e interrompeu todo o trânsito próximo ao meu trabalho. E ainda chove...

*************************
*************************

Recently I have been very disturbed with my budget. Even more with the fact of my loan to by my house. Add to this the cost of living in the building, food and other possible expends that I may have when I am being living there.
About 2 years ago I put my mother as my credit card dependent. My dad controls very hard her expenses so I did it to minimize her anguish. The fact is that's became my anguish!
At beginning she didn't expend too much. But now, just her part isn't coming less then 700,00. That is the loan parceling. Add to this my own expenses, my wife's expenses (because she's not working to dedicate to public concurs study). Resuming, the money that left me every month doesn't get near the expenses which I'll have to buy my apartment. Something near 1.300,00.
I already had talk to her, but I didn't have success, because she had control herself for two months and after this started to expend too much again. Yesterday night I had another talk with her. She started to cry, getting emotional, etc. So just left me two options: Cancel the credit card or try to reduce her individual limit credit. If I can't reduce the individual limit, so I'll have to reduce my own credit limit to impact on her. This will stink...

The rain didn't stop yesterday. Including the stress because a tree falls near my work place. Traffic was chaotic. And still rains...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Locations of visitors to this page
Côcos pelo Mundo